28/07/2017 Notícias 0

No dia 25 de Julho (Terça-Feira) aconteceu no Centro de Cultura e Eventos da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) em Florianópolis a premiação regional da 12ªOBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas). O evento contou com a participação dos estudantes que obtiveram medalhas de prata e bronze em todo o estado de Santa Catarina, assim como pais, professores, diretores e as autoridades presentes, o coordenador regional da OBMEP, Lício Hernanes Bezerra, o secretário municipal de educação de Florianópolis, Maurí­cio Fernandes Pereira, o pró-reitor de extensão da UFSC, Rogério Cid Bastos e uma representante da secretaria de educação do estado.

A OBMEP é a maior olimpíada de matemática do mundo em número de participantes, todo ano atinge cerca de 18 milhões de estudantes, 45 mil escolas e 99 % dos municípios brasileiros. O estado de Santa Catarina teve um bom resultado, segundo o coordenador regional da OBMEP, pois ficou em 12° lugar no número de inscritos, porém em 5° lugar no número de medalhas de ouros. Ele também destacou que a posição é expressiva já que o estado ficou a frente do Rio de Janeiro e Ceará, este último tradicionalíssimo em olimpí­adas de matemática. Em número de medalhas de pratas, o estado ficou em 6° lugar, assim como em número de medalhas de bronze, empatado com estado do Ceará, neste último quesito.

A premiação era voltada para os estudantes que ganharam medalha de prata ou bronze na OBMEP realizada no ano de 2016, assim como escolas, professores e secretarias premiadas.

PREMIAÇÕES OBTIDAS PELOS ESTUDANTES CATARINENSES

Medalhas de Ouro

40

Medalhas de Prata

89
Medalhas de Bronze

182

Menções Honrosas

2192

 

A cidade de Massaranduba teve a honra de contar com 6 premiados com medalha na última OBMEP, sendo 2 medalhas de Prata e 4 medalhas de Bronze. Na solene cerimônia 5 estudantes puderam estar presentes para receberem o reconhecimento pelo seu esforço e dedicação. Os estudantes premiados com medalhas de Prata são Gustavo Serenini e Jaqueline Wenk, ambos da Escola de Educação Básica General Rondon, já com medalha de Bronze foram premiados os estudantes Carlos Eduardo Ranghetti e Tainara Fernanda Ascari, da Escola de Educação Básica Maria Konder Bornhausen e a estudante Eloísa Maria Reikavieski da Escola de Educação Básica Felipe Manke. A estudante Elisangela Dornelles premiada com medalha de bronze não pode comparecer na premiação devido a um compromisso de trabalho.

A delegação Massarandubense também contava com a presença do secretário municipal de educação, Cristiano Rodolfo Tironi, o professor articulador dos Anos Finais, Simão Henrique Jakobowski e os professores Matheus Carboni Machado, Michel Ricardo Borchardt e Girlaine Feiler Kempski.

Vale destacar que no ano de 2016, Massaranduba obteve seu melhor resultado na história da olimpíada com 33 premiações ao todo, contando medalhas e menções. Diretamente relacionado a premiação da olimpíada, o projeto “Olimpí­adas de Matemática” realizado pelo LEMIN contribuiu em muitas premiações obtidas, sendo 20 delas estudantes do projeto, assim como outras 3 premiações de ex-alunos do projeto. Em 2016 também foi o primeiro ano que foi realizada a Olimpí­ada Massarandubense de Matemática (OMM), que tem como um dos objetivos incentivar as escolas, para que os resultados nas olimpíadas nacionais sejam ainda maiores.

Parabéns a todos os premiados na 12ªOBMEP!!